Storytelling: como criar histórias que se vendem sozinhas

Publicado em 26 de outubro de 2016 . Categoria: Agência de Inbound Marketing | Agência Olá Multicom | Inbound Marketing | Marketing Conteúdo | Storytelling

Storytelling

Uma rápida história: as conexões entre as pessoas são a alma de qualquer negócio.

No fim do expediente, a forma como lidamos com as pessoas gera bons resultados, clientes satisfeitos e vendas.

É aí que entra o storytelling, uma poderosa técnica milenar de construir e manter relacionamentos longevos.

Acompanhe com a gente algumas dicas infalíveis para você criar histórias que se vendem sozinhas:

Storytelling não é sobre a sua empresa

Ao contrário do que muitos pensam, o storytelling de uma marca, produto ou serviço não tem nada a ver com a empresa, e sim com os valores dos clientes e como eles se relacionam com os seus produtos.

Dê destaque para os seus consumidores, eles é que devem ser as estrelas da história.

Use a jornada do cliente

Existe um modelo narrativo chamado de “A Jornada do Herói”.

Consiste em quebrar uma boa história em pequenas partes que são essenciais, como: toda história tem um herói. Todo herói tem um objetivo. Todo objetivo é difícil de ser alcançado.

Toda jornada leva à aventura e termina com o herói transformado.

Quais são os objetivos dos seus clientes? Leve-os para uma aventura!

Adicione uma pitada de realidade

Uma história é a narrativa de um evento ou uma sequência de eventos que podem ser reais ou ficcionais.

Mas saiba: toda boa história que se preze necessita de algum elemento real, até mesmo ficções. A mensagem precisa ser verdadeira, consistente e autêntica.

Entrar em contato com uma história é ser atingido no coração e na mente. Agora imagine a surpresa de descobrir que alguma parte ou o todo aconteceu de fato?

Com certeza, o impacto será maior e mais duradouro no ouvinte.

Converse com o seu público-alvo de igual para igual

A comunicação precisa ser natural, como se você estivesse conversando com um amigo enquanto tomam café. É claro que, dependendo do público-alvo, o amigo será mais formal ou informal.

Mas a mensagemprecisa ser sempre clara e honesta. Você não faria falsas promessas para um amigo e nem faria com que ele perdesse tempo ouvindo você, certo? O mesmo vale para o seu cliente.

Escolha as palavras com sabedoria

O que você diz é tão importante quanto como você o diz. Certifique-se de que está usando o tom certo e o estilo que o seu consumidor valoriza como adequado.

Por exemplo: jovens tendem a aceitar uma comunicação muito casual em tom e estilo. Muitas vezes, pulam a parte da escrita e vão direto para as imagens e ícones que expressam seus desejos e ambições.

Tenha uma visão ampla

Storytelling não é apenas o que você escreve nas redes sociais, no site, em jornais ou revistas, em vídeo, blogs ou em qualquer meio de comunicação.

Storytelling é comunicação e valores que devem estar em cada pedaço de papel, nos telefonemas, nas respostas às reclamações, na interação direta com o cliente.

Resumindo, tudo deve fazer parte de uma grande história.

Está animado para começar a criar um storytelling inesquecível? Siga as nossas dicas e se aproxime do seu cliente!

Agora queremos ouvir a sua história! Deixe o seu comentário!

Roder Cypriano

90% das compras realizadas atualmente começam com uma pesquisa online

Tags: