Marketing de Conteúdo para universidades: por que é tão importante

Publicado em 1 de abril de 2016 . Categoria: Educação | Marketing de Conteúdo Educacional | Marketing Educacional

Marketing de Conteúdo para Instituições de Ensino

Marketing de Conteúdo é uma prática que consiste em criar conteúdos relevantes para um público-alvo (persona), acompanhando-o durante todo o processo, desde o momento em que ele ainda não tem conhecimento do negócio, até ele se tornar um cliente satisfeito.

Acontece que não é só para empresas que essa estratégia é viável.

O Marketing de Conteúdo também pode ser usado por instituições de ensino superior, para atrair, conquistar e reconquistar alunos de graduação, pós-graduação, MBA e tudo o mais que uma universidade pode oferecer.

Esse processo se torna possível pela criação de conteúdos que vão ajudá-los a resolver problemas, dúvidas e necessidades.

Educando-os com informação de qualidade, para que eles se interessem pelo que a instituição de ensino tem a oferecer.

Como o Marketing de Conteúdo pode ser importante para uma faculdade? Continue lendo o artigo que a gente te conta!

Como isso se traduz para o mercado de educação?

O Marketing de Conteúdo trabalha para conquistar o cliente ideal. No caso das instituições de ensino, tal consumidor é bem fácil de ser identificado: o aluno, seja ele atual ou futuro.

Mas não é qualquer aluno! Falamos daquele que ama a instituição onde estuda, que vai estudar, formar-se e recomendar a faculdade para outras pessoas.

O foco deve ser a criação de material que vai atrair, conquistar e fidelizar estudantes. Investir nessa estratégia trará resultados duradouros para a instituição de ensino, reforçando a excelência e o respeito que ela possui no mercado.

Como o Marketing de Conteúdo ajuda a conquistar alunos?

Um dos grandes trunfos dessa estratégia frente ao marketing tradicional é que ela é baseada nas necessidades do cliente antes de ele entrar, de fato, no processo de decisão.

Garantindo assim, que ele tenha conhecimento do que você tem a oferecer antes de ter que escolher alguma coisa.

No mercado de educação, esse planejamento pensa nas dúvidas e inseguranças de quem ainda cursará a faculdade: O que a profissão de meu interesse pode fazer? Como é o mercado para a área? O que eu preciso saber antes de fazer a graduação? Como é a vida universitária?

Essas dúvidas não se prendem apenas à graduação. Muitas pessoas não entendem, por exemplo, a diferença entre uma pós-graduação e um MBA.

Laço de confiança

Na maioria das vezes, quem dará essas respostas não serão as faculdades.

Portanto, respondendo tais dúvidas, cria-se um laço de confiança entre o futuro estudante e a instituição, que se mostra interessada, de fato, em educá-lo e qualificá-lo.

Como trabalhar com quem já é aluno?

Boa parte das faculdades comete um grande erro: “esquecer” que alunos matriculados existem.

A maior fatia dos investimentos são direcionados para a aquisição de novos estudantes, desconsiderando que é também importante manter o interesse de quem já estuda na instituição.

Oferecendo conteúdo para os jovens nos diversos canais de comunicação da instituição, como redes sociais e e-mails, você garante que eles fiquem sempre informados e não se sintam abandonados pela universidade.

Um cliente feliz é o melhor garoto-propaganda que uma empresa pode ter — e no caso de uma instituição de ensino, um aluno feliz é o cartão de visitas que a faculdade entrega ao mercado de trabalho.

Como entender o retorno do Marketing de Conteúdo?

Marketing rentável é aquele que faz mais com o investimento aplicado. Quando o assunto é ensino, o retorno é diretamente associado a um aumento no número de matrículas.

Hoje em dia, se você investir grandes quantias em anúncios de jornais, esse retorno será bem menor em comparação a um investimento em Marketing de Conteúdo.

Isso porque, além dos benefícios que citamos, essa modalidade também dá a capacidade de acompanhar, por meio de ferramentas de métrica, a quantidade de pessoas que acessam seu material.

Assim, fica muito mais tranquilo mensurar o Retorno sobre o Investimento (ROI), entender o que funciona e o que não funciona, poupando tempo e dinheiro.

Com bom planejamento e execução correta, o Marketing de Conteúdo é capaz de mudar a forma com que os alunos — atuais e futuros — enxergam uma instituição de ensino.

Entendeu como o Marketing de Conteúdo pode fazer a diferença também para o mercado da educação? O que achou das nossas dicas? Conte pra gente nos comentários!

Sucesso!

Roder Cypriano
Agência OLÁ Multicom
48 3442.3443
Certificada RD Station

Marketing-Digital-de-Resultados-OLA-Multicom

Tags: