Como arrecadar recursos financeiros para os projetos da sua ONG com o Marketing de Conteúdo

Publicado em 15 de janeiro de 2016 . Categoria: Marketing Conteúdo | ONGs

Marketing de Conteúdo para ONG

Arrecadar fundos para financiar projetos da ONG não é tarefa fácil, especialmente num momento em que o Brasil vive sua maior crise econômica em mais de 10 anos. A boa notícia é que arrecadar dinheiro para projetos utilizando marketing de conteúdo é possível. Como sabemos, antes de tudo, a ONG precisa chegar até as pessoas certas, mostrar o projeto e sensibilizá-las para contribuírem.

É aí que uma estratégia de conteúdo bem desenhada pode ajudar muito, sabia? Veja a seguir algumas ideias de como fazê-lo!

Planeje uma campanha

O primeiro passo é planejar uma campanha de sensibilização. Nela, deve haver um propósito bem definido, bem como mensagens-chave direcionadas a um público-alvo.

Comece definindo quem são as pessoas que podem se sensibilizar com a causa. Desenhe personas (representações fictícias do público) para produzir conteúdo alinhado a elas — tom de voz e linguagem.

Cronograma de publicações

A partir disso, você já pode partir para um cronograma de publicações. Ou seja, definir exatamente em que datas e horários os artigos, vídeos e áudios serão publicados no blog e nas redes sociais.

Palavras-chave

Não esqueça de pesquisar palavras-chave que tornem o conteúdo da ONG otimizado nos mecanismos de busca (Google, Bing e Yahoo!). Você pode fazer isso utilizando ferramentas como o KeywordPlanner.

Chamadas para a ação

Seu conteúdo deve ser consistente e persuasivo, mas elegante. Da mesma forma, ele deve chamar as pessoas para fazerem suas doações. Por isso, ao final de cada post, não esqueça de colocar um call to action (CTA), uma chamada para a ação ao estilo “clique aqui para fazer sua doação”.

Use as redes sociais para chegar até o público

Analise quais são as redes sociais frequentadas pelo público-alvo da campanha que você está fazendo para arrecadar dinheiro para projetos. Em seguida, monte uma estratégia para cada rede social (horários de publicação, hashtags e chamadas impactantes). Não se esqueça de interagir com os usuários e dialogar, pois a natureza das redes sociais é o diálogo!

Grupos e fóruns de discussão

Outra ideia interessante é participar de grupos e fóruns de discussão em que as pessoas estão discutindo sobre assuntos que tenham a ver com o projeto da sua ONG. Mas tenha cuidado para que a abordagem não seja invasiva e prefira postar chamando para o blog da campanha e para as outras redes sociais.

Anúncios

Outra forma de levar o projeto da ONG mais longe é montando um plano de anúncios, tanto no Google (Google Adwords) quanto nas redes sociais (Facebook Ads, Twitter Ads). Especialmente no início da campanha, para trazer mais tráfego para o site.

Acompanhe os resultados

Uma das vantagens do marketing online é a possibilidade de mensurar os resultados em tempo real. Ou seja, ver como está o alcance dos conteúdos e as reações do público, bem como a efetividade da campanha para arrecadar dinheiro para projetos.

Mas para mensurar é preciso definir métricas, saber exatamente o que precisa ser medido — o que está intimamente ligado com cada objetivo da campanha. No início, você pode mensurar o tráfego, depois o engajamento, depois verificar a quantidade de usuários que vai até a área de doação e também a quantidade de doações em si (as conversões).

Fazendo este acompanhamento, você terá chances de refazer a rota em tempo e melhorar os resultados de arrecadação para o seu projeto. Use ferramentas de automação de marketing, que lhe deem mais tempo para se dedicar ao estratégico e assumam a parte “operacional” (auto-publicações, envio de e-mail marketing).

Se tiver alguma dúvida e precisar de ajuda, é só entrar em contato.

Roder Cypriano | OLÁ Multicom | 48 3442.3443

 

Tags: