Sala de reunião

Se você não investir no digital, a sua empresa vai quebrar!

Durante muito tempo, a Kodak foi a maior empresa de fotografia do mundo. No ápice do seu sucesso, na década de 1970, ela detinha 90% do mercado de filmes e 85% do de câmeras fotográficas nos Estados Unidos. Com uma presença fortíssima no resto mundo, dois terços do mercado mundial eram por conta da companhia.

Contudo, a partir dos anos 1990, esse cenário começou a mudar, e a Kodak entrou em um declínio progressivo que culminou com a sua decretação de falência em 2012. A concorrência japonesa da Fujifilm foi aos poucos conquistando espaço no mercado graças à tecnologia digital, tecnologia essa que a própria Kodak havia inventado anos antes, em 1975, para depois optar por não investir nela massivamente. Esse foi o grande erro da empresa, levando-a a uma queda massiva no seu faturamento.

O caso da Kodak é analisado até hoje nos estudos corporativos porque oferece lições valiosas para os negócios de todos os setores. A mais importante delas é esta: as maiores empresas, mesmo as mais bem-sucedidas em suas de atuação, podem via a quebrar se ignorarem a força das tecnologias disruptivas que dominam a atualidade.

Por isso, o prognóstico que dá título a este artigo pode inicialmente parecer radical, mas não é o caso. Basta olhar para as lições do passado para percebemos que não se trata de exagero algum.

Podemos afirmar seguramente que as empresas que não incorporem as mudanças da revolução digital estão simplesmente fadadas ao fracasso. As práticas antigas não trazem resultados novos – se não houver investimentos em site, e-commerce, redes sociais e outras formas de mídias digitais, o consumidor não saberá que sua empresa existe e, por mais revolucionários que sejam os seus produtos ou serviços, eles não serão comprados ou contratados.

Sim: você vai quebrar!

O mais incrível é constatar que ainda há gestores e empresários que escolhem simplesmente ignorar lições como a da Kodak. Essa teimosia pode custar caro. Recentemente, a pandemia mostrou que os negócios mais abertos à mudança lucraram e saíram na frente. Quer ver só um dado que comprova essa afirmação? Nos últimos seis meses, o e-commerce cresceu o mesmo que nos últimos seis anos. Sim, você leu corretamente: 6 anos em 6 meses.

Portanto, podemos afirmar que 2020 veio para acelerar uma tendência que está estava em curso: a adoção de solução tecnológicas cada vez mais é algo essencial para a sobrevivência e para a estratégia dos negócios. Este post é endereçado a você, que não quer passar por um “momento Kodak” nos próximos tempos, mas que, por outro lado, ainda não investiu massivamente em tecnologias digitais na sua empresa. Mostramos, em seguida, 5 razões para começar a investir em Marketing Digital para ontem. Vem com a gente!

 

#1 Democratização do acesso à internet

Em 2020, três em cada quatro brasileiros acessaram a internet, o que equivale a um público de 134 milhões de pessoas que tende só a aumentar.

Essas informações são da pesquisa TIC Domicílios 2019 e mostram o enorme potencial de alcance das plataformas online – blogs, redes sociais e sites. Nenhuma – repetimos: nenhuma – plataforma hoje tem esse potencial de alcance com o mesmo custo-benefício.

Em suma: o seu público está na internet é para lá que você deve migrar as suas estratégias de marketing.

 

#2 Marketing segmentado e objetivo

Uma das características que fazem do marketing digital uma aposta mais vantajosa do que a das mídias tradicionais é o maior controle do público-alvo alcançado e a possibilidade de segmentar a sua estratégia mercadológica.

Com as ferramentas disponíveis, você pode direcionar as ações por dados demográficos – sexo, estado civil, escolaridade, localização – e gostos. Imagine que o seu negócio é um hotel perto da praia e você deseja atrair potenciais turistas que passarão a viajar nas férias distâncias mais curtas em virtude da pandemia (todas as pesquisas apontam ser essa a tendência dos próximos tempos, conforme mostramos em um post recente aqui no blog). Pois bem. É possível fazer uma campanha de marketing direcionada para usuários que residam em um raio de 100 km do estabelecimento e que interajam nas redes sociais com assuntos relacionados a viagens e praia.

Esse exemplo ilustra bem como o marketing digital proporciona uma estratégia muito mais objetiva e, por isso, com muito mais chances de sucesso. Você passa a falar exatamente com quem realmente importa.

 

#3 Maior controle das estratégias de marketing

As ferramentas de marketing digital permitem que você conheça melhor o seu público-alvo de forma praticamente instantânea. Quais os assuntos mais procurados por esse público, como ele interage com outras marcas, quais os seus interesses?

Também é possível saber exatamente o que está funcionando e gerando lucro em termos de estratégia – ou seja, quais as ações ou mídias que estão sendo revertidas em clientes e em vendas. Por exemplo: você já se perguntou quantas pessoas se tornaram clientes da sua empresa por causa de um outdoor? A não ser que você gaste tempo (e possivelmente dinheiro) fazendo uma pesquisa sobre isso, fica difícil saber. Com um anúncio online, é possível saber quantas pessoas clicaram nesse anúncio, quais delas visitaram o site, quantas finalizaram a compra, para qual página foram quando deixaram o site etc. Ou seja, você passa a ter muito mais controle das estratégias.

E mais: todos esses dados podem ser utilizados não só nas campanhas de marketing, mas no próprio planejamento estratégico da empresa.

 

#4 Maior controle das estratégias de marketing

O Inbound Marketing (Marketing de Atração) parte do princípio de que as campanhas de marketing devem estar preocupadas em proporcionar valor ao cliente – em vez de tentar simplesmente lhe “empurrar” um produto ou serviço. A metodologia é baseada, entre outras estratégias, na criação de conteúdo útil para potenciais clientes – artigos, e-books, vídeos informativos, infográficos etc. Esses conteúdos são divulgados em blogs, sites e outros canais de mídia social e funcionam como um ímã, que atraem de forma espontânea potenciais interessados nos produtos e serviços da empresa.

Além disso, o Inbound Marketing trabalha com a ideia de “funil de vendas”, um conjunto de estratégias que acompanha a jornada do cliente do primeiro contato com a sua empresa até a concretização e o pós-venda. Que a cada dia os clientes estão mais exigentes e bem informados não é segredo algum. Eles procuram cada vez mais quem lhes ofereça exatamente o que querem, com um bom atendimento e nas melhores condições de preço e pagamento. Com a internet, esse cliente foi empoderado, pois tem muitos mais meios de buscar exatamente pelo que deseja.

Ao trabalhar com funil de vendas, você pode acompanhar tais clientes e descobrir os reais motivos que os levam a optarem (ou não) pela sua empresa. Como eles acharam o seu produto? Quais são as reais necessidades deles? Quais dúvidas têm no momento da compra? Com as estratégias de marketing digital, você pode saber tudo isso e aprimorar as suas ações.

Pesquisas mostram que as empresas que utilizam bem as técnicas de Inbound Marketing costumam aumentar em média 275% do seu Retorno Sobre Investimento (ROI) em médio/longo prazo. Tudo isso é potencializado pelo fato de que, ao contrário do que se possa pensar, o marketing digital não é uma estratégia cara, apresentando inclusive um custo-benefício mais vantajoso do que as ferramentas tradicionais.

 

#5 Ferramenta de ouro para tempos de pandemia

A empresária Kaline Lacerda é proprietária de uma loja de aviamentos em São João do Rio do Peixe, no sertão do estado da Paraíba. Em um depoimento ao Sebrae, ela contou que, quando veio a pandemia em março de 2020, ela teve que fechar as portas, e a solução encontrada para tentar manter o fluxo de vendas da sua loja foi intensificar a divulgação dos seus produtos em redes sociais e implementar o delivery. Deu certo, e Kaline conseguiu elevar o seu faturamento.

Este é um entre muitos outros casos de sucessos que mostram que o marketing digital é uma ferramenta de ouro que ajudou salvar muitos negócios dos mais diversos setores durante a pandemia. Mesmo com o relaxamento das medidas sanitárias, este é o momento ideal para investir no robustecimento das estratégias digitais para fazer frente a cenários que, ao que tudo indica, serão também bastante desafiadores em 2021.

Agora que você já conhece as razões para apostar no marketing digital, não adie esse investimento: tenha certeza de que dele depende a sobrevivência da sua empresa em curto prazo.

É aí que você pode contar com a Olá Multicom! Somos uma agência de Comunicação e Marketing, com foco em estratégias de Marketing e Inteligência de Vendas. Entre em contato conosco agora mesmo para uma avaliação personalizada e aproveite o momento para investir na estratégia certa e que irá trazer resultados visíveis para a sua empresa.

Até o próximo post!

5 Motivos pelos quais sua empresa não tem sucesso com Inbound MKT

Roder Cypriano

Olá Multicom – Agência de Inbound Marketing