Saiba como e porque ter uma lista de e-mail segmentada

Publicado em 29 de março de 2018 . Categoria: Automação de Marketing | E-commerce | Email Marketing | Inbound Marketing | Inbound Trade

Saiba como e porque ter uma lista de e-mail segmentada na sua base de contatos.

Sabemos que o e-mail ainda é um canal muito poderoso no que diz respeito ao relacionamento com os clientes. De acordo com uma pesquisa realizada, 77,2% das empresas investem no e-mail marketing como estratégia. Ainda segundo o estudo, 88,4% das marcas utilizam lista de e-mail segmentada. Afinal de contas, por meio da segmentação, é possível entregar a mensagem ideal para o público certo e no momento oportuno.

Se você pretende ter resultados expressivos com o disparo de e-mails, é preciso que você entenda a importância de segmentar a sua base de contatos. Para te ajudar, selecionamos as principais vantagens em apostar na segmentação da sua lista.

Conquiste a atenção do seu público

Sem dúvidas, está cada vez mais complicado captar o interesse das pessoas, especialmente pelo volume de informações disponíveis. No entanto, é possível conquistar o seu público pela ferramenta de e-mail marketing se este recurso for utilizado de forma estratégica.

Quando você tem uma lista de e-mail segmentada é possível compreender que tipo de mensagem é mais relevante para cada consumidor. Vamos imaginar que você tenha uma lista de clientes que compraram recentemente e outra de clientes antigos, por exemplo. Desse modo, você pode enviar uma mensagem para os clientes que estão há mais tempo com a sua empresa, divulgando um programa de fidelidade para reter esses consumidores.

Ou ainda, com uma base de clientes que compraram um determinado produto, você pode enviar um e-mail divulgando soluções complementares. Um exemplo disso é uma empresa que vende para indústrias e identifica que, em seu mailing, algumas delas compraram um software de gestão de estoque. Ao surgir um novo módulo desse sistema, a empresa terá mais sucesso ao enviar um comunicado para as pessoas que já aderiram ao programa.

Tenha mais resultados com uma lista de e-mail segmentada

Ao contar com uma lista segmentada, a marca consegue alcançar os seus objetivos com a campanha. Afinal, quanto mais informações a empresa possui sobre a sua persona, maiores serão as chances de aumentar consideravelmente o seu retorno com as campanhas de e-mail marketing.

Diferentemente de apostar em uma extensa base de contatos e efetuar disparos em massa, a proposta é filtrar as pessoas que realmente se interessariam por determinada mensagem. Com isso, mesmo com uma quantidade menor de envios, o potencial de gerar resultados extraordinários é gigantesco!

Leads mais educados para o seu negócio

Um dos maiores benefícios do e-mail marketing é poder educar os potenciais clientes por meio de uma estratégia de marketing de conteúdo: isto é, aqueles consumidores que estão no seu mailing e têm muitas chances de se tornarem clientes fiéis. Com uma segmentação estratégica, a empresa armazena o histórico das últimas interações do lead com os conteúdos enviados.

Assim, a marca consegue compreender melhor em qual fase da jornada de compra as pessoas estão para enviar a mensagem mais pertinente. Se existe um lead na sua lista que clicou nos links dos últimos e-mails enviados sobre os cases de sucesso da empresa, é mais provável que ele esteja mais receptivo para abrir conteúdos que contenham um pouco mais sobre as soluções oferecidas pelo empreendimento.

Ao contrário de uma pessoa que não abriu a mensagem sobre os cases, mas se interessou por algumas dicas sobre como organizar melhor seu estoque. Esse consumidor pode achar mais interessante receber conteúdos sobre como resolver alguns problemas do seu dia a dia.

Portanto, manter uma base segmentada é fundamental, inclusive, para aumentar as vendas e conquistar novos clientes. Mas se você ainda não sabe por onde começar, continue lendo este artigo que mostraremos as práticas mais recomendadas para criar a sua lista imediatamente!

Estabeleça os seus objetivos

O primeiro passo é identificar quais são os resultados esperados com a campanha de e-mail marketing. Com essa meta definida, fica mais fácil entender quais contatos serão mais interessantes para começar a segmentação da sua base. Se o propósito for a conquista de novos clientes, por exemplo, é preciso eliminar o contato dos clientes atuais.

Defina quais serão os critérios de segmentação

Depois de definir quais são os seus objetivos com a campanha, chegou o momento de escolher as informações que serão relevantes para segmentar a sua base de contatos e criar listas estratégicas. Procure observar quais dados serão importantes para obter o resultado esperado, seja o cargo de ocupação, idade, sexo ou até mesmo a localização geográfica.

Se o objetivo é nutrir os leads para aumentar o faturamento da empresa, saber o cargo que a pessoa ocupa e o estágio do funil em que ela se encontra faz toda diferença na produção do conteúdo. Por isso, é primordial entender quais atributos serão indispensáveis para cada meta.

Invista na coleta das informações

Para capturar os dados mais importantes para segmentar sua lista, você pode recorrer às informações que os clientes forneceram quando se cadastram; Ou ainda, procurar por dados das últimas campanhas — como taxa de abertura e cliques nos e-mails enviados.

Outra forma interessante para coletar informações de contato dos potenciais clientes é por meio da geração de leads. Ao disponibilizar um e-book dentro do seu site, você pode solicitar que as pessoas deixem os dados que forem mais pertinentes. Muitas vezes, divulgar a estrutura da empresa é interessante se o objetivo for direcionar o lead para o fundo do funil, onde ele ficará mais propenso a tomar a decisão de compra.

Jamais pare de segmentar

É natural que, ao longo do tempo, o comportamento das pessoas se modifique, pois estamos suscetíveis a constantes transformações. Por isso, é importante rever a sua lista de e-mail segmentada periodicamente. A mensuração de resultados é um excelente termômetro para sinalizar como as pessoas têm reagido diante dos e-mails enviados.

Dessa forma, você pode sempre aperfeiçoar a sua estratégia para aumentar de modo extraordinário o retorno sobre o investimento das suas campanhas de e-mail marketing.

Listamos, neste artigo, as razões para ter uma lista segmentada e as melhores dicas para começar a sua estratégia agora mesmo. No entanto, todas essas táticas exigem tempo, muita dedicação e, sobretudo, uma análise frequente de resultados. Por esse motivo, contratar uma agência especializada pode ser a melhor solução para otimizar tempo e alcançar resultados incríveis!

Agora que você já entendeu tudo sobre os benefícios de uma lista de e-mail segmentada, que tal receber novos conteúdos? Assine a nossa newsletter e tenha sempre acesso às dicas valiosas sobre o universo de marketing.

Roder Cypriano

OLÁ Multicom
Agência Certificada RD Station

Tags: