O cliente não pode esperar o site carregar!

Mão com o celular na mão, com o site aberto mas não carrega

Segundo dados de uma pesquisa conduzida pela FGV, em 2018 o Brasil superou a marca de um smartphone por habitante. Hoje, calcula-se que haja no país mais de 230 milhões de celulares inteligentes ativos (de acordo com dados de outra pesquisa divulgada em abril de 2019).

Reflexo dessa popularidade é o fato de que 97% dos brasileiros acessam a internet pelo celular e usam-na para pesquisar desde uma promoção de hotel para as férias na praia até uma roupa nova. Portanto, a boa notícia é que, sem dúvidas, o mobile constitui uma excelente oportunidade de negócio para as empresas dos mais variados setores.

A má notícia? Mais de 70% dos sites mobile nos Brasil levam tempo demais para carregar, segundo uma pesquisa conduzida em 2018 pelo Google.  Esse “tempo demais” é, em média, 20 segundos – e, embora possa não parecer uma eternidade, é bastante coisa se tivermos em conta que, nesse tempo, é possível dar o nó numa gravata ou ler um parágrafo de cerca de 60 palavras, como este aqui.

Além disso, se a escala for a paciência do consumidor, esses segundos são mesmo muito tempo. É que 40% deles afirmam que abandonam um site quando as informações não carregam em 3 (!) segundos ou menos. E se as pessoas têm uma experiência negativa ao acessar um site pelo celular, elas têm 62% menos chances de voltar a esse endereço e finalizar a compra de outra plataforma. O cliente não pode – e não vai – esperar o site carregar.

Se um site lento para dispositivos móveis prejudica os negócios, como fazer, então, para otimizar esse acesso?  Ao respondermos a essa pergunta, a seguir damos dicas de como testar e melhorar a velocidade do seu site mobile. Continue a leitura e saiba o que fazer!

 

Primeiro, o diagnóstico

Existe uma ferramenta, chamada Speed Scorecard, simples e fácil de usar, que permite diagnosticar a velocidade do seu site mobile a partir de acesso 3G ou 4G e até comparar a sua velocidade com a dos sites da concorrência.

Para isso, basta inserir o domínio que você deseja testar e esperar os resultados, que podem depois ser compilados sob a forma de um relatório, compartilhável com toda a equipe. Os dados fornecidos são baseados na experiência real de usuários do navegador Chrome.

A recomendação é que o tempo de carregamento da página a partir de um aparelho móvel com conexão 3G seja, no máximo, de cinco segundos – já com 4G, para fins de classificação, as páginas lentas começam a carregar após 2,5 segundos. Fizemos o teste para a Amazon, e a velocidade do site do gigante varejista foi de 2,3 segundos para acessos no Brasil usando 4G.

Outra ferramenta de diagnóstico importante é a Impact Calculator. Basta inserir alguns dados, como domínio e número mensal de visitantes, que a calculadora estimará o impacto que as melhorias na velocidade do seu site mobile poderiam gerar em termos de receita. Assim, você fica sabendo exatamente quanto tem a ganhar se reduzir o tempo de carregamento.

Depois, mãos à obra

Após usar essas ferramentas de diagnóstico, veja a seguir três ações simples que você pode e deve tomar, caso tenha detectado que o seu site apresenta um delay considerável a partir do mobile. E você não precisa ser nenhum especialista para colocá-las em prática.

#1 Otimize as imagens

As imagens são uma das principais causas de atrasos no carregamento. Basicamente, quanto maior a imagem, mais tempo de download para concluir a abertura ela irá requerer.

Por isso, o recomendado é um tamanho máximo de 100 KB por imagem. Sabemos que isso nem sempre é possível, e há imagens com mais pixels que acabam sendo usadas. Nesse caso, a solução é diminuir o tamanho que elas ocupam em disco, sem interferir na qualidade. A ferramenta Tinny PNG permite fazer isso de forma simples.

Acesse a ferramenta – aqui –, faça upload das imagens que deseja compactar ou otimizar, execute e, em seguida, faça o download. Elas estão prontas para irem para o site.

#2 Simplifique o design

O design do seu site é adequado para dispositivos móveis, ou seja, esse tipo de acesso foi levado em conta no momento da idealização? Se a resposta for “não” (e parabéns para quem respondeu “sim”), é hora de repensar e mais: é hora de privilegiar o mobile, adotando a chamada “mentalidade mobile-first” – precisamente pelas razões que expusemos de início.

Basicamente, a dica é optar por um design simples, minimalista mesmo. É claro que queremos uma estética atraente, mas demasiados elementos podem fazer com que o site fique lento demais. Esse é um problema conhecido como “code bloat”, que acontece quando uma página fica sobrecarregada com código em excesso.

Tenha em mente que, na tela de um dispositivo móvel, os sites podem parecer muito cheios e distrair o usuário. Assim, é importante manter poucas informações e de forma organizada. Use esta regra geral: apenas 1 call-to-action por página. Com isso, você reduzirá a quantidade de código e, de quebra, irá também melhorar a experiência do usuário.

#3 Minifique o seu código

O que seria “minificar” o código? De forma simples e direta, trata-se de remover tudo o que é redundante e desnecessário no código, garantindo que o site usa apenas o que é preciso. Isso deixa o acesso muito mais rápido.

A minificação pode ser manual, o que é mais difícil, especialmente para quem não é programador. A boa notícia é que há ferramentas que facilitam esse trabalho. Por exemplo, o Minifycode.com oferece várias soluções de minificação para simplificar seu HTML, CSS, JavaScript e mais.

Para saber outras soluções, com diferentes níveis de complexidade, recomendamos ainda a leitura desta página, que apresenta soluções simples e avançadas.

Como vimos, a velocidade não é só um assunto de corridas de Fórmula 1. No acesso mobile, todos os segundos são valiosos para uma taxa de conversão satisfatória.

Ah, se você deseja conhecer outras estratégias campeãs para o seu site ou negócio, entre em contato conosco agora mesmo. A Olá Multicom é uma agência de Comunicação e Marketing com foco em estratégias de Marketing e Inteligência de Vendas. Seja referência no seu setor com a nossa ajuda!


Roder Cypriano

Olá Multicom – Agência de Inbound Marketing