A importância de fazer a higienização da base de e-mail marketing

Publicado em 9 de julho de 2018 . Categoria: Marketing Digital

É fato que o e-mail marketing é uma das estratégias de marketing digital que gera resultados excelentes, contudo, para executá-la com perfeição é preciso manter a sua base de e-mails limpa e sadia.

Caso você não realize essa gestão, os resultados das campanhas serão pouco expressivos e, infelizmente, você cairá na “lista negra” dos servidores de e-mail e suas mensagens irão para o SPAM.

Se chegou até essa postagem, não há dúvidas que você está preocupado com sua base de e-mails. Aqui, falaremos mais sobre a importância da higienização e daremos algumas dicas de como fazê-la. Confira!

O que é uma higienização ou limpeza da base de e-mails?

É muito comum que as empresas possuam diversas listas de e-mail vindas de diversos canais de captação. Contatos pelo site, cadastros de landing pages, registros em eventos, etc. Porém, muitos e-mails podem não estar funcionando. Outros nem mesmo existem.

Ante a essa situação, fica clara a necessidade de se realizar uma limpeza em sua base a fim de retirá-los e garantir que somente aquelas pessoas que possuem real interesse em seus produtos ou serviços recebem suas mensagens.

Comprar listas de e-mail na internet pode ser algo tentador para expandir sua base de contatos, mas nunca faça isso! Essas listas vêm com uma grande quantidade de e-mail inexistentes e, certamente, ninguém deu autorização para que você entrasse em contato.

Isso impactará fortemente e de forma negativa na reputação de sua empresa junto aos servidores de e-mail, que acabarão por penalizá-lo. “Ah, mas é só fazer uma higienização nela!”. Infelizmente, as coisas não funcionam bem assim.

Mesmo que você invista (muito) tempo para fazê-la, a qualidade dos contatos será inexistente, pois dificilmente eles terão o perfil do seu consumidor ideal ou apresentação algum tipo de interesse por sua empresa.

Por que é importante fazer uma higienização constante?

A reputação de sua empresa junto aos servidores é apenas uma das razões pela qual a higienização constante de sua base é importante. Além dela, é preciso ter em mente que as pessoas costumam trocar constantemente de e-mail.

Seja por razões de mudança de emprego, perda de acesso ou, até mesmo, exclusão da conta por falta de uso, essa é uma ocorrência muito comum e, infelizmente, não há nada que a sua empresa possa fazer quanto a isso.

Por esse motivo, a higienização se torna tão importante. Muito além de quantidade, é preciso ter qualidade, coisa que uma base suja certamente não tem. É preciso eliminar todo e qualquer e-mail que não seja realmente relevante para a sua estratégia de e-mail marketing.

Atualmente, existem diversos serviços de e-mail que criam contas que duram apenas um curto período de tempo e depois são excluídas. As pessoas costumam utilizá-las para baixar um material e não ficar recebendo SPAM, por exemplo.

Além desses “e-mails descartáveis”, ainda existem os erros de digitação que fazem com que suas mensagens nunca cheguem a um destinatário, deixando-o com uma taxa de erro de envio muito alta, podendo levar até a exclusão de sua conta nos serviços de disparo.

Isso acontece porque serviços como o MailChimp dependem de uma boa reputação para seus servidores e se sua lista está muito suja, poderá comprometê-los, fazendo-os perder relevância e, consequentemente, valor de mercado.

Como fazer a higienização da base de e-mail marketing?

Agora que você já compreendeu um pouco mais sobre o que é e qual a importância da higienização de sua base de e-mails, chegou a hora de pôr a mão na massa! Veja abaixo algumas dicas para limpar a sua lista:

Elimine e-mails de hard bounces

Hard bounces são todos aqueles e-mails que nunca receberão as suas mensagens, seja por erros de digitação ou por serem descartáveis. Um alto índice de hard bounces é sinal de uma lista suja e, também, o principal indicador de reputação do domínio de uma empresa pelos servidores.

Antes de realizar um novo disparo, é essencial identificar e excluir todos os e-mails que tiveram hard bounces pois, caso contrário, isso prejudicará a sua empresa e comprometerá os resultados de sua estratégia de e-mail marketing.

Exclua endereços de e-mails descartáveis

Identificar e-mails descartáveis antes de um disparo é essencial. Busque por esses servidores de e-mail e exclua-os de sua base. Os mais conhecidos são:

  • @my10minutemail.com
  • @mailinator.com
  • @maildrop.cc
  • @maildu.de
  • @uapproves.com
  • @mvrht.net
  • @clrmail.com
  • @nada.ltd
  • @morsin.com
  • @boximail.com
  • @mailna.biz

Além dos e-mails descartáveis, é interessante excluir todos aqueles que tiveram diversos soft bounces (os que não receberam sua mensagem por motivos temporários: caixa de entrada cheia ou problemas técnicos, por exemplo), pois eles também comprometem a sua lista.

Busque por endereços de e-mail suspeitos

Ao fazer uma simples análise em sua base de contatos, você perceberá que existem diversos e-mails que, realmente, são muito suspeitos. Palavras de baixo calão ou e-mails “nao@xxx.com” certamente não funcionarão.

Essa busca por e-mails suspeitos é fundamental para reduzir a taxa de hard bounces antes de realizar um disparo. Seja criativo em suas buscas, afinal, as pessoas que fazem essas coisas também são.

Faça um fluxo de reativação com leads

Essa dica é para as empresas que possuem uma lista de e-mail muito antiga e que estava esquecida. É preciso reativar os contatos de sua base antes de incluí-los novamente nas listas de disparo. Para isso, é preciso elaborar uma campanha que os traga de volta para a empresa.

Nesse processo, é preciso segmentar essa lista por interesses ou por fonte de captação (por exemplo, cadastros para e-book) e reativar esses contatos com mensagens relacionadas ao tema da inscrição, trazendo a lembrança de que o usuário optou por entrar nela.

Ao enviar uma campanha de reativação ou realizar qualquer outro disparo de e-mail marketing, é fundamental observar as boas práticas de envio, determinando uma frequência coerente, utilizando conteúdos relevantes, sendo cordial e oferecendo um botão para descadastro da lista.

Realizar a higienização de sua lista antes de disparar um e-mail marketing, sem dúvidas, é a melhor maneira de garantir resultados positivos e assegurar a continuidade dessa estratégia, mantendo uma boa reputação junto aos servidores de e-mail.

Ficou com alguma dúvida sobre como fazer a higienização de sua lista de e-mails? Entre em contato com a gente e descubra como podemos ajudá-lo!

Tags: